ABAIXO-ASSINADO UMA MATRÍCULA UMA ESCOLA
A lei 2200 garante que os professores da rede estadual não podem mais ficar em mais de uma escola, entretanto o governador Cabral quer impedir que ela seja oficializada.
Clique aqui para saber mais e participar da mobilização.
Até 16/06/13 já foram 3.080 pessoas assinando.

23/05/13

PROFESSORES MUNICIPAIS ENTRAM EM GREVE EM GOIANIA


Retirado do site NE10.

REINVINDICAÇÃO  -  Publicado em 21.05.2013, às 20h22 Do NE10

Os professores da rede municipal de Goiana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, decretaram greve nesta terça-feira (21) após realização de assembleia que reuniu cerca de 200 docentes. Entre as reinvindicações estão o pagamento do salário atrasado de dezembro de 2012 e o reajuste do piso salarial.

O Ministério da Educação (MEC) anunciou o reajuste salarial dos professores do ensino básico das escolas públicas brasileiras em janeiro deste ano. O aumento foi de 7,97% em relação ao piso de 2011, resultando no valor final mensal remunerativo de R$ 1.567,00. 

A categoria já chegou a se reunir com o prefeito Fred Gadêlha (PTB), entretanto, obteve a resposta de que o reajuste do MEC não é compatível com a receita da prefeitura do Município.

Atualmente os professores de nível médio recebem R$ 1.364,00 e de nível superior R$ 1.500,00. Segundo a professora Elis Elane Vicente de Andrade, da Escola Municipal São Thomaz de Aquino, a prefeitura garantiu que irá pagar 40% do salário de dezembro neste mês de maio e o restante seria dividido em 4 vezes de 15%.

"O prefeito nos disse que o piso só será pago em outubro e o retroativo a partir de janeiro. Sabemos que isso não vai ser concretizado, já que tivemos essa mesma conversa no ano passado com a gestão anterior. A situação de Goiana está uma vergonha!", declara desacreditada a professora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário.